segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Pintando as telas do destino



Quando conseguimos elevar nosso estado de consciência, integrando-nos ao conhecimento cósmico da nossa natureza e reconhecendo-nos como espíritos eternos em evolução, abrimos uma janela em nossas mentes por onde visualizamos o futuro que, aos poucos estamos desenhando nas telas do destino, com o pincel das nossas ações. Esse novo estado de consciência nos permite combinar, harmoniosamente, as cores que queremos dar ao cenário de nossas vidas.


Embora as imagens do passado apareçam impressas como pano de fundo, podemos alterar-lhes substancialmente algumas nuanças com as tintas da resignação e da paciência, sobrepondo tela sobre tela a cada pincelada da nossa renovação.


Somos os artistas! Nosso atelier é o mundo em que vivemos; o material e a inspiração emanam de tudo e de todos a nossa volta. Podemos nos tornar pintores vulgares, preocupados apenas com as paisagens do diminuto mundo do eu, onde a sombra sem definição prevalece sobre as cores; ou podemos ampliar nossa arte, pintando com o pincel da fraternidade e do amor, as telas de uma humanidade abraçada aos conceitos de fé e de esperança, tendo como contorno a moldura da paz.


Na arte de pintar o destino, nossa mente gera a matriz cóstica. Nossos sentimentos dão o acabamento final, revestindo nossas obras com uma película de luz e ressaltando as cores alegres da felicidade; ou de uma película sombria, ressaltando as cores tristes da infelicidade.


O espaço cóstico universal é a grande Galeria de Arte, onde nossos quadros vão sendo fixados, formando um imenso painel delineando nosso futuro.


Deus é o grande patrocinador de todos os artistas que se expressam e evoluem na arte de viver. E, para a perfeita combinação entre cenários e artistas, a lei de causa e efeito surge como a grande empresária, agendando nossos compromissos, situando-nos nos lugares onde devemos nos apresentar, diante de um público selecionado de acordo com as imagens e fatos que devemos reproduzir nas telas que irão compor o acervo cultural e moral de nossas vidas, consolidando nosso destino.


A mensagem cristã tem sido a grande musa inspiradora dos artistas bem-sucedidos, cujos quadros ocupam um espaço especial na Galeria Cósmica de Arte.


Jesus, o mestre por excelência, imprimiu nas telas de Sua vida, um quadro magnífico, onde esalta as cores da felicidade construída com amor e sabedoria. A película de luz com que revestiu Sua obra tornou-se indestrutível, transformando-a num eterno modelo para o sucesso dos artistas em curso nos caminhos da evolução.


(desconheço a autoria)



Guris e gurias queridas!!

Que muitas telas inspiradoras, enfeitem esta semana que se inicia.

Grande abraço

Um comentário:

✿ chica disse...

Uma semana bem legal pra ti! Lindo texto! beijos,chica